You are currently browsing the monthly archive for Novembro 2009.

O San Lorenzo goleou ontem o Boca por 3-0, con dois golos de Gastón Aguirre, a figura do encontro, e um de Fabián Bordagaray. A vitória azulgrana podia ter sido muito mais folgada, tantas as oportunidades que os jogadores do SL criaram durante a partida.

Leandro Romagnoli, ao contrário do que se esperava, não alinhou a titular neste encontro, entrando aos 67 minutos para o lugar de Alejandro Gomez.

Em declarações no final da partida, Pipi disse: “Estivemos muito bem durante toda a partida e merecíamos mais um golo. Pensamos nos jogos que perdemos em casa e se assim não tivesse sido teríamos muitos mais pontos, mas agora já está e temos que olhar em frente”.

E a verdade é que apesar dos pontos perdidos, com esta vitória frente ao Boca Juniors e a três jornadas do fim do campeonato. a qualificação para a Copa Libertadores não está tão distante.

Anúncios

Leandro Romagnoli está entre os vinte convocados para a partida deste Domingo, que coloca frente a frente San Lorenzo e Boca Juniors, em mais um clássico do futebol argentino. As duas equipas estão separadas por apenas três pontos, pelo que uma vitória do San Lorenzo dará uma margem de manobra mais alargada ao conjunto treinado por Diego Simeone.

O site De San Lorenzo publicou uma entrevista com Pipi, onde o criativo argentino faz a antevisão do jogo com os rivais.

Imagino, Pipi, o incómodo que sente por não ter podido participar em tantos encontros, não?
“Sim, raiva. Raiva porque estava a encontrar ritmo futebolístico e físico, e depois ficar de fora por lesão, assim, é mau. Mas bem, são coisas que acontecem.”
 
Como sonhas o teu regresso?
“Como digo sempre, dando o meu melhor pelo San Lorenzo e, se possível, com uma vitória.”
 
Logo com um clássico contra o Boca…
“Claro, claro, são partidas especiais em que queremos sempre estar. Não quer dizer que não queira estar noutros jogos, mas estes jogos têm uma carga especial. Vamos tentar dar tudo.”
 
Pensa que pode ajudar Romeo, que nos últimos jogos esteve muito preso?
“O que se passa é que o Romeo é um jogador que precisa de bola, que lhe faças cruzamentos, que o assistas. Demonstrou ser um grande jogador, é um ídolo aqui, é goleador, e esses jogadores passam por momentos. Nas últimas partidas, como disse, não esteve na sua melhor forma, como pode acontecer comigo, com qualquer outro, mas é um grande jogador.”
 
Ainda vão a tempo de reeditar a vossa dupla?
“Sim, sim, creio que o faremos. Se não neste campo, no que vem, oxalá possamos voltar a jogar juntos como antes.”

 

O encontro tem início marcado para as 17 horas locais, 20h em Portugal.

FORÇA, PIPI!

O regresso de Romagnoli à competição foi positivo: além da vitória do San Lorenzo frente a um dos maiores rivais, o camisa 10 rubricou uma boa exibição. Assim o indicam as avaliações dos jornais:

  • «Pipi Pipón: Arrancou impreciso, mas rapidamente explodiu e colocou Orode na cara do golo. Depois da operação ao joelho direito e de uma recuperação de um mês, Romagnoli regressou em bom nível. Mostrou o seu futebol … O San Lorenzo sentia falta do ’10’ e precisa dele.» – Diário Olé
  • «Voltou após a sua operação, e quando entrou foi o condutor dos contra-ataques.» – Diário Popular

Naquele que é um dos grandes clásicos argentinos, o San Lorenzo visitou e venceu o rival Huracán por 2-0. A partida ficou marcada por graves incidentes nas bancadas, entre hinchas do clube visitante e a polícia, o que levou a que a partida se iniciasse com 30 minutos de atraso. Leandro Romagnoli entrou para o lugar de Sebastián González aos 61 minutos, depois de um mês de paragem devido a uma operação cirúrgica ao joelho direito, ainda a tempo de ver um remate seu defendido pelo guarda-redes do Huracán e de participar na jogada do segundo golo. Segundo o site Mundo Azulgrana, El Pipi procurou a bola e organizou bem o jogo da sua equipa.

Os golos rojiblancos foram marcados por Civelli e Chaco Torres. Pode vê-los no vídeo abaixo.

O San Lorenzo encontra-se agora na 6ª posição do campeonato argentino, com 26 pontos, os mesmos de Independiente e Estudiantes, no 5º e 4º lugar respectivamente, e a 6 do Banfield, o líder.

Estamos de volta. Depois de meses de inactividade, o Leandro Romagnoli Online está novamente em funcionamento, desta feita num novo endereço, de forma a tornar o blog mais simples e funcional. Mas esta não é, como se sabe, a única mudança: Romagnoli deixou o Sporting, depois de quatro anos em Portugal, e regressou a Casa, ao clube onde nasceu e cresceu para o futebol. Aqui queremos dar conta então dos feitos de Romagnoli por terras argentinas, das façanhas de San Lorenzo jornada a jornada e, acima de tudo, sublinhar que muita coisa pode mudar, menos uma: o apoio incondicional a Pipi, em Portugal, na Argentina ou no fim-do-mundo.

notícias.

arquivos.

Anúncios